quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Protótipo 16 - Aíla

video
Foi em maio de 2008 que a cantora Aíla iniciou sua trajetória artística. Para que ela se firmasse como um dos principais nomes da nova geração da música paraense, estes dois anos foram suficientes; ao completá-los, ela dá início a um novo ciclo em sua carreira, deixando de assinar o sobrenome “Magalhães” e começando oficialmente a produção de seu primeiro CD, Trelelê! O CD, que será dirigido por Felipe Cordeiro, será uma síntese entre o pop e os ritmos brasileiros, em especial os da região Norte, como a guitarrada, o brega, o carimbó, o zouk, a lambada e o marabaixo. Tendo em comum com várias outras intérpretes brasileiras jovens as influências de Marina Lima, Adriana Calcanhoto, Maria Rita e Marisa Monte, diferencia-se pelo toque nortista que sempre procura imprimir ao que canta.
Integrantes:
Aíla (vocalista)
Felipe Cordeiro (violão e guitarra)
Marcel Barreto (guitarra)
Camila Barbalho (contra-baixo)
Arthur Kunz (bateria e programações eletrônicas)
João Paulo Pires (percussão).
Músicas no Protótipo:
Brechot do brega (Antônio Novaes)
Proposta Indecente (Dona Onete)
Trêlêlê (Felipe Cordeiro e Ivã Rothe)
À sua maneira (Felipe Cordeiro)
Garota (Alípio Martins)
Todo mundo nasce artista (Eliakin Rufino)
Cinema Tupiniquim (Felipe Cordeiro)
Contatos:
Páginas na internet:

9 comentários:

  1. cantora razoável e contrabaixo sem pegada. putz!

    ResponderExcluir
  2. Rostinho bonito....
    talento....????
    será que é assim mesmo?
    de qualquer modo parabéns pra ela, tem estilo até pra desafinar.
    felipe cordeiro, vc é demais!

    ResponderExcluir
  3. Inveja Mataaaaaaaaaaaa!!! cuidado suas peruas, no duro ela nao deu bola pra vcs

    ResponderExcluir
  4. a versão do Brechot ficou ruim e ela não segura afinação.
    quando vão colocar apresentadora que preste?


    Jucimara

    ResponderExcluir
  5. Inveja mata mesmo Alana,rs... E dá muito IBOPE pra pessoa que é invejada e cobiçada.
    Acompanho a carreira da Aíla desde 2009, e só via muitos fãs a acompanhando. Se tinha invejosos, eles não se pronunciavam, ou seja, faltava algo... Tenho a seguinte teoria, quanto mais invejosos reunidos, prontos e disponiveis para escreverem sobre um artista, mais rápido ele chega ao SUCESSO!

    Então Parabéns Aíla!! Incomode mais as pessoas com seu ESTILO único e timbre exótico, pois estilo é o que mais falta pras cantoras daqui.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  6. Mesma coisa do meu outro comentário na participação da Juliana. Falta tudo. Essa nova geração tem a internet ao seu favor para maquiar suas deficiências estampando bonitos materiais de divulgação e as redes sociais para conseguirem fãs mas o fato é que estão nuas e cruas.
    A versão do Brechot ficou um horror e a moça não consegue manter a afinação em nenhuma música.
    Parece que não sou só eu a achar a apresentadora ruim.

    Antônio Salazar

    ResponderExcluir
  7. Cara, cada um tem um ponto de vista, a gente tem que respeitar. Eu acho essa aila linda e talentosa, e dizem que eh muito simpatica tb, ja vi essa baixista tocar por ae tb e achei muito bom o trabalho, e eu curto a apresentadora, tira onda com a cara dos muleque, alem disso ja vi ela por ae e eh gostosa pra caralho!

    falow
    Humberto

    ResponderExcluir
  8. O aúdio do programa é péssimo, incrível que todos desafinam nesse programa...

    Ou todos são muito ruins, ou eles não se ouvem...

    ResponderExcluir
  9. Estou aqui apenas pra esclarecer aos amigos, colegas de trabalho, fãns e alunos, que os comentários postados por esse tal de "Antônio Salazar" não tem nenhuma ligação comigo.Tenho 31 anos, estudo música desde os 10, sou músico profissional desde os 17, sou Bacharel em música e professor. Jamais postaria comentários desse nível, desconfio que alguem quer se passar por mim.

    Tom Salazar Cano

    ResponderExcluir